sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Calote do piso: Veja o seu prejuízo

Diferente do que diz o governo, o calote é superior “ao apenas R$65,66”.

Os números:

R$65,66 – Calote do piso

R$52,00 – 80% Nível Superior

R$6,56 – 10% Gratificação do Magistério

R$6,56 – 10% Gratificação de Titularidade – Especialização

Total Parcial da perda dos professores: R$130,78

Obs. Ainda falta inserir no calculo os valores do triênio, do FUNDEB e aulas suplementares.

Valor da hora-aula – Vencimento base – Sem as vantagens

Valor atual: R$5,48 – Igual para todos os professores independente de sua formação.

Valor proposto pelo governo em setembro:

R$5,60 - Professor de nível médio

R$5,63 - Professor licenciado

R$5,71 - Professor com especialização

R$5,80 - Professor com mestrado

5,89 - Professor com doutorado

Hora aula com o piso integral:

R$5,93 - Professor de nível médio (para os demais níveis é só adicionar 0,5%).

Conclusão: a categoria deve exigir o valor integral do piso, pois assim determina a decisão do STF, como diz o jargão: lei não se discute, se cumpre!

Nenhum direito a menos!

Marcelo Carvalho

3 comentários:

Franz disse...

Devemos lutar pelo que é de direito, pois o que é justo e merecido, a patronal jamais entregará. Muito boa postagem, Marcelo. Esclarecedora.

Profª Doralice Araújo disse...

Seu pedido, feito lá no NaMira, foi plenamente atendido, prezado Marcelo. Meus leitores, não apenas no blog, mas também na minha página no Twitter tiveram a oportunidade de saber a realidade vivida pelo professor paraense, na rede pública.Quer acompanhar o alcance das suas informações esclarecedoras?>> http://twitter.com/araujodoralice

Mantenha-me permanentemente informada, colega professor. Estou em Curitiba, mas com o olhar sempre atento à querida terra paraense.

Marcelo Carvalho disse...

Franz, obrigado pelo comentário. A internet nos possibilitou ampliar a nossa voz, agora podemos desconstruir o discurso oficial, fazer ver que não nos enganam mais com a farta e cara publicidade da mídia tradicional.

Doralice obrigado por repercutir e dar visibilidade a causa dos professores paraenses, a educação agradece.

Abraços,

Marcelo Carvalho