domingo, 30 de janeiro de 2011

4.1


Ontem, 29 de janeiro, completei 41 anos. Meu filho Gabriel completou 8 e eu e a Tania comemoramos 12 anos de união civil estável (nome correto da relação conjugal para os que optam em não realizar o casamento civil).
Como a Tania é muito organizada e costuma planejar o que faz, ela escolheu morar comigo no dia em que completei 29 anos. Depois ela escolheu me dar um filho no dia que o calendário apontou meus 33. Portanto, esta festa tripla não tem nada de acaso, foi tudo obra da mente brilhante da Tania.
Ontem, reunimos poucos amigos e muitos familiares, foi uma reunião simples, mais para agradar o Gabriel. Foi ele quem escolheu o repertório musical, basicamente rock. Me dei conta que ele começa a influenciar as coisas aqui em casa. Cerca de 80% das músicas que ele baixou da internet eu simplesmente ignorava. Mas, previnido, tratei de gravar um CD (esta mídia não tem sentido pra ele) com a coletânea do Gabriel e assim não ficar desatualizado e sem assunto com ele. A geração dele é muito mais rápida que a minha e ele já está conectado com o mundo, não posso vacilar!
Uma das bandas que ele curte é Linkin Park, banda americana da qual sabia muito pouco ou quase nada, mas que acabo de me tornar fã. O som é pesado, agrada meus ouvidos.

Confira um dos clips da banda, indicação do Gabriel:

No Fim - In the End

[Chester]
Isso começa com uma coisa

[Mike]
Uma coisa,
Eu não sei por que
Não importa o quanto você tente
Mantenha isso em mente
Eu fiz esta rima
Para explicar em tempo útil

[Chester]
Tudo que eu sei

[Mike]
O tempo é valioso
Observe-o voar e balançar como um pêndulo
Observe a contagem regressiva até o fim do dia
O relógio suga a vida fora

[Chester]
É tão irreal

[Mike]
Você não olhou para baixo
Observe o tempo indo direto pra fora da janela
Tentando se manter, nem mesmo sabia que
Eu desperdicei tudo isso só para

[Chester]
Ver você ir...

[Mike]
Eu mantive tudo dentro
E mesmo eu tendo tentado,
Tudo desmoronou
O que significou para mim será eventualmente
Uma memória de uma época quando

[Refrão]
[Chester]
Eu tentei tão duro
E cheguei tão longe
Mas no fim,
Não importa mesmo.
Eu tive que cair
Para perder tudo
Mas no fim,
Não importa mesmo.

[Mike]
Uma coisa, eu não sei por que
Não importa o quanto você tente
Mantenha isso em mente eu fiz esta rima
Para me lembrar como

[Chester]
Eu tentei tão duro

[Mike]
Apesar do jeito que você estava zombando de mim,
Agindo como seu eu fosse parte de sua prioridade
Lembrando de todas as vezes que você lutou comigo
Estou surpreso,

[Chester]
Cheguei tão longe

[Mike]
As coisas não são mais do jeito que eram antes
Você nem sequer me reconhece mais
Não que você não me conhecia naquela época,
Mas tudo voltou para mim

[Chester]
No fim...

[Mike]
Você manteve tudo dentro
E mesmo eu tendo tentado,
Tudo desmoronou
O que significou para mim será eventualmente
Uma memória
De uma época quando

[Refrão]

Eu coloquei minha confiança em você
Empurrado até onde posso ir
Por tudo isso
Há apenas uma coisa que você deveria saber

Eu coloquei minha confiança em você
Empurrado até onde posso ir
Por tudo isso
Há apenas uma coisa que você deveria saber

[Refrão]


Marcelo Carvalho


6 comentários:

Jorge Andrade disse...

Parabéns Marcelo por você e pelo seu filho, muitas felicidades e muita saúde, que o resto você corre ao lado pois quem corre atrás fica para trás, um abraço.

Luis Cavalcante disse...

Parabéns Marcelo. Você fez aniversário e nós que ganhamos de presente uma excelente postagem.. Coisas da blogosfera.
Luís Cavalcante

Ana disse...

Nossa!! Isso de programar tudo pra mesma data é uma ótima sacada, muito prático. Afinal assim só tem que preparar uma festa (kkk). Deixa eu pensar... Poxa! Já ñ me dá tempo de ter a Anabel este ano, já que o niver do Daniel é em agosto. Terei que programar pra 2012...
Parabéns, Marcelão!!! Pelo post, pelo niver e pela família maravilhosa que tens.
Beijos

Marcelo Carvalho disse...

Jorge, Cavalcante e Ana,

Obrigado pela amizade e palavras carinhosas.

Um abraço,

Marcelo Carvalho

Iara Almeida disse...

Olá Marcelo, peço desculpas pelo Parabénsss atrasados, afinal são 03 comemorações, mas enfim... deixo aki meus desejos de mta comemorações para vc e sua família.
Sempre entro aki e não vi essa festa opss...foi na sua casa.
Abços para vcs.

Marcelo Carvalho disse...

Oi Iara,

Obrigado pelo comentário, sua visita me deixou muito feliz.

Um abraço,

MNarcelo Carvalho