quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Feliz dia do Professor!

Procurei um texto para homenagear a equipe de tutores e alunos do curso Mídias na Educação.

Um texto que fosse honesto, que retratasse com realismo o que é ser professor, um texto que não fosse piegas ou recheado de clichê. Um texto que desse prazer de ler e no fundo trouxesse um pouco de felicidade para todos que escolheram ser professor.

Não sei se pesquisei direito ou se o texto encontrado realmente concretiza meu intuito, mas ao ler a oração do professor tive a impressão de reencontrar um sentido para nossa profissão.

Então, parabéns a todos nós, aproveitemos nosso dia para renovar nosso compromisso, nossa opção profissional. Vamos exercer nosso ofício de aprender para melhor ensinar.


Oração do Professor

Dai-me, Senhor, o dom de ensinar,
Dai-me esta graça que vem do amor.
Mas, antes do ensinar, Senhor,
Dai-me o dom de aprender.
Aprender a ensinar
Aprender o amor de ensinar.
Que o meu ensinar seja simples, humano e alegre, como o amor.
De aprender sempre.
Que eu persevere mais no aprender do que no ensinar.
Que minha sabedoria ilumine e não apenas brilhe
Que o meu saber não domine ninguém, mas leve à verdade.
Que meus conhecimentos não produzam orgulho,
Mas cresçam e se abasteçam da humildade.
Que minhas palavras não firam e nem sejam dissimuladas,
Mas animem as faces de quem procura a luz.
Que a minha voz nunca assuste,
Mas seja a pregação da esperança.
Que eu aprenda que quem não me entende
Precisa ainda mais de mim,
E que nunca lhe destine a presunção de ser melhor.
Dai-me, Senhor, também a sabedoria do desaprender,
Para que eu possa trazer o novo, a esperança,
E não ser um perpetuador das desilusões.
Dai-me, Senhor, a sabedoria do aprender
Deixai-me ensinar para distribuir a sabedoria do amor.

Autor: Antonio Pedro Schlindwein

Por: Marcelo Carvalho

3 comentários:

bombom disse...

Gostaia que voce postasse esta mensagem a todos. Achei interessantíssima.
abs
Norma

Mensagem aos Professores (as)

Estar vivo é estar em conflito permanente,
produzindo dúvidas, certezas questionáveis.
Estar vivo é assumir a Educação do sonho do cotidiano.
Para permanecer vivo, educando a paixão,
desejos de vida e morte, é preciso educar o medo e a coragem.

Medo e coragem em ousar.
Medo e coragem em romper com o velho.
Medo e coragem em assumir a solidão de ser diferente.
Medo e coragem em construir o novo.
Medo e coragem em assumir a educação deste drama, cujos personagens
são nossos desejos de vida e morte.

Educar a paixão (de vida e morte) é lidar com esses dois ingredientes, cotidianamente,
através da nossa capacidade, força vital (que todo ser humano possui, uns mais,
outros menos, em outros anestesiada) e desejar, sonhar, imaginar, criar.

Somos sujeitos porque desejamos, sonhamos, imaginamos e criamos, na busca permanente
da alegria, da esperança, do fortalecimento da liberdade, de uma sociedade mais justa,
da felicidade a que todos temos direito.
Este é o drama de permanecermos vivos... fazendo Educação.

Madalena Freire
Fonte Mensagens e Poemas
http://mensagensepoemas.uol.com.br/professores/ao-professor-5.html

odete freitas disse...

ADOREI MENSAGEM, SOU ALUNA DO MIDIAS E SINTO-ME HONRADA EM SER EDUCADORA. PROFª. ODETE FREITAS-BRAGANÇA/PA.

A VC TAMBÉM, FELIZ DIA DO PROFESSOR, QUE DEUS O ILUMINE TODOS O DIAS

Blog da Rosália disse...

Muita delicadeza sua. Entre tantos afazeres, ainda teve tempo de nos desejar um Felíz dia dos Professores! Linda mensagem. Obrigada.
Rosália